Apresentação

O Centro de Estudos de História do Atlântico, criado pelo decreto legislativo regional nº.20/85, de 17 de Setembro, no âmbito da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, é uma instituição de investigação científica que tem por objectivo principal coordenar a investigação e promover a   divulgação da história das Ilhas Atlânticas.

Os arquipélagos atlânticos (Açores, Canárias, Cabo Verde e São Tomé) estão representados em termos institucionais através da presença de delegados ao Conselho Consultivo.

A partir da instalação definitiva a direcção do Centro foi assumida pelo Prof. Doutor Luís de Albuquerque, coadjuvado pelo Prof. Joel Serrão e Dr. José Pereira da Costa e Doutor Alberto Vieira. Após a morte do Prof. Luís de Albuquerque em 1992, assumiu a presidência o Prof. Joel Serrão, que foi substituído em 1997 pelo Dr. José Pereira da Costa e, desde 1 de Novembro de 2008 a presidência passou a ser assegurada por Alberto Vieira.

A passagem de 25 anos de actividade é a oportunidade para encerrar um ciclo de actividade da instituição e iniciar um outro de acordo com novas condições definidas com a instalação no novo espaço. As novas instalações irão permitir a redefinição da forma de intervenção do CEHA no contexto local e internacional. O novo espaço permitirá uma maior inter-actividade com o meio local e científico tornando-se possível uma maior assiduidade de iniciativas abertas ao público e uma maior cooperação com as instituições e investigadores da região, do país e do estrangeiro. A disponibilidade de um auditório, biblioteca, depósitos para acervos e espaços de trabalho abrem-nos novas formas de intervenção, definidas na programação de actividades, cooperação e projectos de investigação.

Em 1986 ficou estabelecido o plano editorial do CEHA, com uma incidência temática obrigatória sobre a História das Ilhas Atlânticas e, em especial, a Madeira.

As iniciativas do CEHA têm como ponto de partida a História das ilhas Atlânticas e desenvolvem-se em Conferências, Colóquios, projectos de investigação e publicação de textos inéditos.

O projecto surgiu por empenho pessoal do Secretário Regional do Turismo e Cultura, João Carlos Abreu, sendo Alberto Vieira encarregado de proceder à sua instalação.

A missão do CEHA parar os próximos anos deverá obedecer os seguintes príncipios:
1. Aposta na investigação e divulgação do conhecimento científico no domínio das Ciências Sociais e Humanas, com especial relevo para as ilhas atlânticas,
2. Criação de uma equipa de trabalho coesa e interdisciplinar, composta por funcionários e investigadores do CEHA e de outras instituições locais, nacionais e internacionais que estejam empenhados nas mesmas missões e objectivos,
3. Afirmação nas tecnologias da informação, fazendo com que o suporte digital e as plataformas digitais sejam os meios privilegiados de investigação e divulgação dos saberes. Deste modo apostar-se-á na criação de bases de dados temáticas para acesso local o via Internet.